O rastreamento de cargas é uma tecnologia já incorporada ao cotidiano de diversas empresas e transportadoras. Poder acompanhar em tempo real a localização de suas mercadorias é um ponto importante para quem deseja conquistar um transporte mais seguro e ágil.

Mas você sabe quais são as tecnologias mais utilizadas? Como gerente de logística, é importante estar atualizado e conhecer essas questões, especialmente porque elas trazem mais eficiência ao seu setor.

Diante disso, preparamos este post com as melhores tecnologias de rastreamento de cargas. Se você tem interesse no tema e deseja aperfeiçoar seus conhecimentos, não deixe de conferir!

Por que a tecnologia deve ser incorporada ao setor de logística?

Falar em logística sem citar o uso de tecnologia é cada vez mais difícil. O setor, que se tornou imprescindível para as empresas contemporâneas, tem sua eficiência ampliada por meio da aplicação inteligente de recursos tecnológicos.

Desde a utilização de softwares para gestão de estoque e frotas até o uso de equipamentos e ferramentas modernas para deslocamento e empilhamento de mercadorias, não há dúvidas de que a tecnologia é uma grande aliada da logística.

Independentemente do ramo de atuação e porte de sua empresa, é interessante estudar e investir em recursos que contribuam para a melhoria da eficiência e qualidade de seus processos logísticos.

Ademais, não se pode deixar de enfatizar que esse tipo de investimento tem um ROI muito interessante. Em outras palavras, o retorno positivo dessa estratégia justifica o capital aplicado e ainda gera economia ao negócio.

Quais são as melhores tecnologias usadas no rastreamento de cargas?

Conforme mencionado, apostar em tecnologia é uma decisão inteligente. O rastreamento de cargas, por exemplo, traz benefícios expressivos à sua empresa, com destaque para o aumento da segurança e satisfação de sua clientela.

Mas, para que essa estratégia seja executada com êxito, é necessário conhecer as opções disponíveis no mercado e escolher a que melhor lhe atende. Para ajudá-lo com essa tarefa, reunimos as principais tecnologias de rastreio. Acompanhe:

Radiofrequência

O rastreamento por radiofrequência (RF) é um dos mais utilizados no país e, de modo geral, se baseia no uso de antenas de rádio espalhadas pelo território. Assim, é feita uma triangulação dos sinais captados por essas antenas, chegando-se à localização exata do veículo.

Esse sistema possui vantagens importantes, pois alcança ambientes fechados e cobertos. Ele tem sido muito utilizado pelas transportadoras, já que consegue acompanhar o deslocamento do veículo em grandes centros urbanos — repletos de túneis e galpões.

GPS — Global Position System

O rastreamento que utiliza o sistema GPS tem como suporte 24 satélites que orbitam ao redor do planeta. Por esse motivo, independentemente do ponto do território em que você esteja, haverá ao menos 4 satélites ao seu alcance.

Em resumo, é feita a instalação de um receptor no veículo que recebe os sinais do satélite e decodifica a localização com base em coordenadas de latitude e longitude. Em seguida, o sistema envia tais dados a uma central de monitoramento que os repassa à empresa ou à transportadora.

Lembrando que o aparelho instalado nos veículos, muitas vezes chamado de GPS, é, na verdade, um navegador que faz uso da tecnologia GPS.

RFID — Radio-Frequency Identification

Semelhante ao sistema por radiofrequência, a RFID — traduzida como “identificação por radiofrequência” — é um recurso completo que vai muito além do rastreio da carga.

Trata-se de uma tecnologia de comunicação e identificação de curto alcance que se baseia na fixação de uma etiqueta no produto. Essa etiqueta emite uma onda até um transceptor e antena e repassa todas as informações e dados sobre a mercadoria.

Ela pode ser instalada em pessoas, animais, produtos e embalagens de todos os tipos. O leitor converte o sinal de ondas de rádio do RFID para informações digitais, tornando a identificação e o rastreio muito mais rápidos.

Lembrando que, diferentemente do código de barras comum, não é preciso aproximar a etiqueta ao leitor, visto que ela emite ondas que são captadas pelas antenas e receptores.

Pelos benefícios que apresenta, esse recurso vem sendo utilizado como forma de coibir o roubo de cargas por meio de um rastreamento mais preciso das mercadorias. Afinal, mesmo que a carga seja retirada do veículo, é possível acompanhar sua localização em tempo real.

Telemetria

A telemetria é uma modelo de tecnologia interessante que, além do rastreio da carga, permite ao gerente logístico ter acesso a dados importantes, como a velocidade do veículo e o tráfego em regiões perigosas, reduzindo os índices de acidentes e roubos de cargas.

Resumidamente, trata-se de um moderno sistema integrado que objetiva monitorar o veículo durante todo o trajeto. Por meio de uma rede sem fio (via rádio ou satélite), é possível identificar sua localização e monitorar inúmeros aspectos, como:

  • performance do veículo e do motorista;

  • consumo de combustível;

  • falhas no sistema e perda de potência.

Assim, a depender do tipo de carga a ser transportada, é possível determinar um limite de velocidade e acompanhar se o motorista está cumprindo com essas diretrizes, dados que servem de embasamento para premiar e ranquear os melhores condutores.

Apostar nesse recurso é, também, uma opção inteligente. O sistema permite o controle total da frota — garantindo mais segurança ao transporte — e ainda ajuda a prever com exatidão a necessidade de manutenções. Com isso, reduz-se a ociosidade e os custos logísticos e alcança-se mais produtividade na logística.

No post de hoje, foram apresentadas as principais tecnologias para rastreamento de cargas existentes no mercado. Conforme demonstrado, todos esses recursos podem e devem ser incorporados ao dia a dia das empresas que trabalham com transporte, não apenas por proporcionar mais segurança, como, também, por trazer mais qualidade ao serviço prestado.

Se sua empresa possui uma frota própria, não deixe de investir nessas tecnologias. De outro modo, caso pense em terceirizar o transporte de cargas, procure por uma transportadora moderna e experiente que conte com o auxílio de tecnologias de ponta para o exercício de suas atividades.

Lembre-se de que para conquistar a confiança de sua clientela é preciso se unir a empresas sérias e comprometidas em oferecer sempre a melhor experiência ao seu público.

Gostou do post de hoje? Quer aprender um pouco mais? Então, veja como o benchmarking pode ser aplicado à logística!